Noticias

9 de nov de 2011

Estrada de asfalto borracha no rio de janeiro

      
       » Por Charline Fonseca

 
O Governo do Estado inaugurou nesta terça-feira (8/11) as obras de pavimentação da RJ-122 (Rio-Friburgo), a primeira estrada com aplicação de asfalto borracha na América Latina. O evento aconteceu no entroncamento da rodovia com a RJ-116, na localidade de Parada 70, em Cachoeiras de Macacu, na Região Serrana. De lá, o governador Sérgio Cabral e o vice-governador e coordenador executivo de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, seguiram para Parada Modelo, em Guapimirim, onde o Estado termina o trecho com o novo asfaltamento.

Nos 36 quilômetros da via, foram investidos R$ 62 milhões na pavimentação por asfalto de alta viscosidade, com durabilidade 60% maior que a utilizada tradicionalmente. Uma Usina de Fabricação de Asfalto Borracha, a primeira do país, foi instalada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) no próprio canteiro de obra, num esforço de investimento e tecnologia inédito no Brasil.

- Para nós, essa não é mais uma estrada. Outros estados dizem já fabricar asfalto borracha, mas o material só tem 5% de pó de pneu. Nossa mistura levou 21%, retirando do meio ambiente 203 mil pneus. Essa liga tem muitas vantagens: representa redução de acidentes, porque tem 50% mais aderência; de 40% no ruído e nos custos, em relação ao asfalto tradicional, e dura mais, em média 20 anos - afirmou o governador.

Cabral anunciou ainda que outras ruas de Guapimirim serão incluídas no projeto de asfaltamento do DER, com verba de R$ 2,7 bilhões. Itaperuna, Magé e a estrada que liga Japeri a Miguel Pereira também serão contempladas com o asfalto borracha.

O material é composto por agregados selecionados e de tamanho uniforme, numa máquina que elimina as britas e pedras fora do padrão. O segredo está no ligante espesso oriundo de pneus reciclados, que se misturam aos agregados para gerar o asfalto borracha em temperatura elevada.

Para o vice-governador, entregar a reforma da estrada, degradada ao longo dos anos, é um motivo de orgulho.

- Estamos colhendo os frutos de anos de pesquisa do DER ao implementar essa tecnologia de pavimentação que vai marcar o Brasil. Além de cuidar do meio ambiente, dando um destino aos pneus que enchem os lixões e servem de criadouro para o mosquito da dengue. Vamos implementar esse asfaltamento em outras estradas, tão importantes quanto esta para a economia do Rio de Janeiro - disse Pezão.

Segundo o prefeito de Cachoeiras de Macacu, Rafael Miranda, a RJ-122 representava um perigo para os motoristas e moradores do entorno, além de subdesenvolvimento para a região.

- Hoje estamos vendo a realização de um sonho, uma estrada ecologicamente correta, beneficiando duas cidades com viés ecológico muito forte - disse Miranda.

O vice-prefeito de Guapimirim, Marco Aurélio Dias, agradeceu a atenção que o município da Baixada Fluminense recebe do governo do Estado.

- Toda vez que nos encontramos com o governador, Guapimirim conquista alguma melhoria. Foi assim com a Delegacia Legal, a ambulância que o Corpo de Bombeiros ganhou e o Centro de Tratamento Intensivo para o nosso hospital. E hoje celebramos os 14 quilômetros de asfalto da RJ 122 - enumerou Dias, que convocou a população a participar, na próxima quinta-feira (10/11), do ato contra a redistribuição dos royalties.

O diretor de obras do DER, Ângelo Pinto, ressaltou que a implementação da tecnologia vai fazer o Rio de Janeiro despontar na prevenção de acidentes de trânsito e no desenvolvimento sustentável.

- Temos a consciência de que não podemos mais fazer engenharia sem pensar no meio ambiente. Estamos recuperando um passivo ambiental importante e construindo uma via duradoura, que vai possibilitar a redução de acidentes - avaliou Ângelo. fonte governo rj

Nenhum comentário:

...

...

...