Noticias

26 de mai de 2012

Mergulhão do Campinho inauguração




No dia dos 399 anos de Madureira, celebrado hoje, 25 de maio, a Prefeitura do Rio inaugurou a duplicação do Viaduto Negrão de Lima e o Mergulhão Clara Nunes, em Campinho. Essas são as primeiras intervenções da Transcarioca – corredor viário que ligará a Barra da Tijuca ao Aeroporto Internacional Tom Jobim – e uma das mais importantes obras viárias na preparação da cidade para os Jogos Olímpicos de 2016 já entregues à população.


Para o prefeito, a obra representa um primeiro passo na transformação da cidade:

- Esse espaço vai transformar a realidade do morador desse bairro que é o coração do Rio de Janeiro. Esta obra viária vai servir como um dos principais pontos do BRT, um transporte de alta capacidade para levar a população da Zona Norte para todos os lugares da cidade.



Construído em 14 meses, o Mergulhão Clara Nunes receberá uma estação de embarque e desembarque do BRT Transcarioca. O trânsito no local será em mão-dupla com oito faixas no total: em cada sentido serão duas faixas para a o Ligeirão e duas para o tráfego em geral.

Em homenagem à Zona Norte, o mergulhão ganhou dois painéis de azulejos decorados e inspirados na musicalidade do subúrbio carioca. As formas representadas em losangos fazem alusão aos botecos cariocas e têm os dizeres Eu sambo, Eu Jongo e Eu Rio.

O novo viaduto de Madureira começa a subir na Rua Guaxima, atravessa a linha do trem e termina antes do cruzamento entre a Avenida Edgard Romero e a Rua Conselheiro Galvão. Dali, o BRT seguirá pela Edgard Romero até a estação em frente à Supervia, para integração com os trens.




Segundo o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, a população carioca vai ganhar, no mínimo, 20 minutos diariamente:

- A obra trouxe transtornos para a população, mas agora os benefícios serão muito grandes. O cruzamento da Intendente Magalhães com a Cândido Benício era um dos maiores nós de trânsito da cidade.

Com investimentos de R$ 1,5 bilhão, sendo R$ 1,1 bilhão do governo federal e contrapartida de R$ 403 milhões da Prefeitura do Rio, a Transcarioca vai reduzir em mais de 60% o tempo gasto no trajeto entre os dois bairros. Com a nova estrutura viária na cidade, que também inclui os corredores expressos Transoeste (que será inaugurado ainda nesse semestre), a Transolímpica (com obra já licitada) e a Transbrasil (com licitação prevista para este ano), o índice de cobertura de transporte de alta capacidade passa dos atuais 18% para 63% até 2016.

A Transcarioca será o primeiro corredor de alta capacidade no sentido transversal da cidade. A estimativa é que cerca de 400 mil pessoas sejam beneficiadas diariamente pelo sistema, que atenderá também os bairros de Curicica, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Penha, Olaria e Ramos. Ao longo do traçado serão 45 estações, três terminais, três mergulhões, 10 viadutos (incluindo as duplicações) e nove pontes (sendo duas estaiadas). As intervenções serão finalizadas em dezembro de 2013.

Depois de participar da cerimônia de inauguração de entrega das primeiras obras da Transcarioca, o prefeito Eduardo Paes esteve na quadra da Portela, em Madureira, para um almoço de comemoração aos 399 anos do bairro do subúrbio carioca.

  Fonte prefeitura » Autor: Texto: Anna Beatriz Cunha / Fotos: Beth Santos

Nenhum comentário:

...

...

...