Noticias

25 de nov de 2012

Windsurf volta nos Jogos Olímpicos em 2016




Depois de uma batalha de seis meses de duração, windsurf volta como um evento olímpico para os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio.


A ISAF Assembléia Geral Ordinária, em votação por maioria simples, decidiu excluir Kiteboarding e restabelecer Windsurf, que tem sido nos Jogos Olímpicos desde 1984 como um evento para os homens, e desde 1992 para as mulheres.
A AGM ISAF também votou para restabelecer a RS: X como a classe a ser utilizada nos Jogos Olímpicos de 2016.
Em Maio, a ISAF Reunião Semestral do Conselho da ISAF, em Stresa Itália, apanhou muita gente de surpresa quando instalou Kiteboarding como esporte olímpico, fazer isso contra a recomendação (17 votos a 2) da Comissão de Eventos.
A mesma recomendação foi novamente apresentada na reunião do Conselho da ISAF em sua conferência anual, em Dun Laoghire, Irlanda, mas que seria necessária uma maioria de 75% para reabrir a decisão do Conselho, a partir da reunião de Maio em relação aos eventos para os Jogos Olímpicos de 2016.
O movimento para reabrir falhou por apenas dois votos para alcançar o limiar necessário, mas tem o apoio de 26 dos 38 delegados votantes, na reunião do Conselho na quinta-feira.
De lá, era provável que, se a votação do Conselho foi repetido na Assembléia Geral (realizada apenas uma vez a cada quatro anos), era óbvio que os Windsurfers tinha feito a sua lição de casa e levaria o dia - a política apresentada não entram em jogo e delegados à Assembleia Geral (onde cada país presente fisicamente é permitido um único voto, em vez de apenas as regiões os na reunião do Conselho) tinha permanecido fiel ao sentido de voto da reunião do Conselho - o que foi que, embora 75% não foram a favor da re-visitar, há clara maioria foram para um restabelecimento de Windsurf.
Dado esse cenário, o destino de Kiteboarding em um simples voto era inevitável, ea decisão desonestos do Conselho da ISAF, em sua Reunião de Meio de Ano foi finalmente derrubado por um voto de 51 a 40 em favor do Windsurfer. Havia 104 países representados na Assembleia Geral (com um grande voar em representação para a Europa nas proximidades) com um grande número de abstenções (acredita-se que 13) com o voto Olimpíadas de 2016.
O processo técnico na votação foi que a ISAF Regulamento 23.1.4 (que abrange as classes olímpicas para os Jogos Olímpicos ao lado) foi alterado e aprovado para incluir windsurf
Os equipamentos aprovados para a competição de Vela em 2016 é a seguinte:


Categoria masculino - RS: X  

Categoria feminino -  
RS: X 
  
 
 



Mais detalhes podem ser lidos em ISAF blogue Conferência .
Crédito da foto: Placas Revista / Adam Duckworth
crédito História:
Vela Mundo

Nenhum comentário:

...

...

...