Noticias

27 de abr de 2013

Primeiro teste do novo Maracanã


                                                                                                                                              Marcelo Horn


Com a presença da Presidenta Dilma e governador Sérgio Cabral , ambos assistiram ao primeiro evento-teste do estádio, ao lado de famílias de operários.


Trinta e seis dias antes de sua inauguração oficial, a bola voltou a rolar no novíssimo gramado do Maracanã, em seu primeiro evento-teste.
O jogo festivo entre Amigos de Ronaldo Fenômeno e Amigos de Bebeto, primeira partida realizada no novo estádio, começou pouco depois das 19h. A presidenta Dilma Rousseff, o governador Sérgio Cabral , o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, o prefeito Eduardo Paes e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assistiram ao amistoso, ao lado das famílias dos operários que ajudaram a reformar o Templo do Futebol.

A equipe liderada por Ronaldo entrou em campo de uniformes brancos, com o craque usando a camisa 9. Bebeto escolheu o número 7 para comandar seu time, que usou uniforme amarelo e azul, como a Seleção Brasileira. O pontapé inicial da partida, no entanto, coube ao encarregado de solda Antônio Pereira da Silva, representante de outro grupo de craques: os operários da modernização do estádio.    

O primeiro jogador a fazer a torcida brasileira vibrar com um gol no novo Maracanã foi Washington, ex-atacante do Fluminense. O "Coração Valente" inaugurou o placar ao cabecear uma bola cruzada por Bebeto, pela lateral direita do campo: 1 a 0 para o time de Bebeto. Em seguida, a equipe de Amigos de Ronaldo fez três gols e virou o placar. O primeiro tempo do amistoso terminou com quatro gols para o time do Fenômeno e três para Amigos de Bebeto. Na segunda etapa, a equipe de Ronaldo manteve a vantagem e encerrou a partida com placar favorável de 8 a 5.

Jogadores aprovam novo Maracanã

Os jogadores que participaram do amistoso do primeiro evento-teste do novo Maracanã aprovaram a modernização do Templo do Futebol. Para Ronaldo Fenômeno, o Brasil vai dar um grande exemplo durante a realização dos grandes eventos esportivos que o país sediará.

– O Maracanã está muito bonito, o gramado é muito bom, a arquibancada está bonita, a cobertura é linda, os telões. Enfim, as instalações internas... Está tudo muito bonito. Tenho certeza de que o Brasil vai dar uma grande lição ao mundo todo e a todos aqueles que não acreditaram que seria possível realizar esta Copa do Mundo e a Copa das Confederações – disse o Fenômeno.

 Bebeto aproveitou para parabenizar os operários que atuaram na reforma do estádio.

                                                                                                Shana Reis

– O estádio está lindo, o gramado está perfeito, uma delícia de jogar. Já joguei no Santiago Bernabéu (estádio do Real Madrid), também em Wembley, em Londres, mas aqui é diferente, especial. Tem uma magia. Os operários estão de parabéns. O Maracanã está aprovadíssimo – afirmou Bebeto, autor do último gol da partida.

Autor do primeiro gol da partida do evento-teste, Washington comemorou por deixar seu nome marcado na emblemática arena esportiva.

– Os operários que fizeram esta obra estão de parabéns. É muito emocionante fazer o primeiro gol no novo Maracanã, onde joguei tantas vezes. Ainda mais porque aqui será a final da Copa do Mundo – explicou o atacante.
 

Shows aquecem a torcida

Antes de a bola rolar, uma apresentação mostrou a trajetória do estádio, da construção à reforma. Em seguida, começaram as atrações musicais. O primeiro show da noite foi de Neguinho da Beija-Flor. O sambista emocionou a torcida, cantando a tradicional "Domingo eu vou ao Maracanã".

                                                                                                                                                Shana Reis
A festa continuou com Naldo, que apresentou uma versão do sucesso "Amor de Chocolate" falando dos times cariocas e expressões do futebol. Empolgaram o público a cantora Preta Gill, com a sua versão para "Aquele Abraço", de Gilberto Gil, e Martinho da Vila, que interpretou "Cidade Maravilhosa".

A parte musical do primeiro evento-teste do Maracanã foi encerrada com a apresentação do Hino Nacional pelos cantores Eduardo Dusek, Fernanda Abreu, Ivan Lins e Sandra de Sá. Os artistas usaram camisas de seus times do coração, Botafogo, Vasco, Fluminense e Flamengo, respectivamente, em homenagem aos quatro grandes clubes de futebol do Rio.

Fonte- Governo-rj

Com 30% da capacidade da arena será testada pela primeira vez após a reforma.


O Governo do Estado do Rio de Janeiro promove, neste sábado (27/4), a partir das 18h30, o primeiro evento-teste do estádio do Maracanã. Realizado a 36 dias da inauguração, o evento-teste utilizará 30% da capacidade da arena, que, ao fim da obra, comportará 78.838 pessoas. O estádio do Maracanã somente será inaugurado no dia 2 de junho, com o jogo amistoso entre Brasil e Inglaterra.


Para marcar a data, a presidenta Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer, o governador Sérgio Cabral, o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, o prefeito Eduardo Paes e outras autoridades recebem os 8 mil trabalhadores e seus familiares que ajudaram a reerguer o templo do futebol.

O objetivo do evento-testeé verificar equipamentos, instalações e infraestrutura para que sejam feitos eventuais ajustes para o funcionamento pleno do estádio, quando o Maracanã for inaugurado.

A partir das 18h30, o público poderá assistir a apresentações de Naldo, Martinho da Vila, Neguinho da Beija-Flor e Preta Gil. O Hino Nacional será interpretado por Sandra de Sá, Fernanda Abreu, Ivan Lins e Eduardo Dusek. Às 19h, entram em campo os times Amigos de Bebeto e Amigos de Ronaldo Fenômeno.

 A reforma


O governo do estado está encarregado, segundo os compromissos estabelecidos entre os três níveis de governo e a Fifa, da reforma e adequação do complexo esportivo do Maracanã, dentre outras atribuições relativas à realização das copas das Confederações e do Mundo de 2014. A Secretaria estadual de Obras e sua vinculada Empresa de Obras Públicas (Emop) são responsáveis pelo planejamento e gerenciamento da reforma, executada pelo Consórcio Maracanã 2014, formado pelas empresas Odebrecht e Andrade Gutierrez.

Para cumprir as recomendações e exigências da Fifa, o Estado elaborou um projeto de modernização do Maracanã, de acordo com o mais alto nível de sofisticação da engenharia. Com elevada taxa de ocupação – em média 100 eventos por ano -, o Maracanã, além de abrigar os mais importantes campeonatos de futebol e outros eventos esportivos, também poderá ser palco de eventos culturais.

O estádio

Inaugurado em 16 de junho de 1950 - passa por uma série de intervenções, algumas de caráter estrutural, que vão proporcionar mais conforto e segurança ao torcedor, tendo sua concepção original preservada. Iniciada em agosto de 2010, a reforma está transformando o Maracanã em uma arena moderna e confortável, com todos os assentos numerados. A nova arena tem cinco pavimentos, divididos em quatro setores: norte, sul, leste e oeste.

Os principais pontos da reforma são:

Visibilidade

O anel da arquibancada avançou em direção ao campo, fazendo com que o torcedor assista ao jogo de posição privilegiada e, como nos estádios americanos e europeus, muito mais perto do campo. Não existem mais os chamados “pontos cegos”. A nova arquibancada ganhou maior inclinação e é contínua, com os setores superior e inferior unificados. A distância entre a primeira fileira de cadeiras e o campo será de apenas 14 metros - antes, em alguns pontos, chegava a quase 30 metros.

Assentos e conforto

Ao todo, são 78.838 assentos. A setorização permite ao torcedor saber exatamente por onde deve chegar à área da arquibancada, fazendo com que seja mais rápido e cômodo entrar e sair do estádio.

Camarotes

Os 110 camarotes ocupam dois pavimentos no lado oeste e um no leste. Cada um terá, em média, 50 metros quadrados e são climatizados. Além de banheiro e sala de estar exclusivos, cada um terá cadeiras em área descoberta exclusiva.

Acessos

O público terá muitas alternativas para entrar e sair do Maracanã, graças aos novos acessos implementados. O tempo de evacuação total será de oito a 12 minutos, conforme determinação da Fifa. Para atender o quesito, foram construídas quatro rampas de acesso ao longo do anel do estádio e duas alças anexadas à rampa do Bellini e recuperadas e reativadas as duas rampas monumentais (Bellini e Uerj). Além disso, há 17 novos elevadores e 12 escadas rolantes.

Cobertura

A nova cobertura é feita de fibra de vidro e teflon e tem 68 metros de extensão (a original de concreto tinha 30 metros). Como o Maracanã possui forma elíptica, 5% do total dos assentos não puderam ser cobertos.

Iluminação

O campo de jogo será iluminado por 396 refletores, eliminando sombras e permitindo uma visibilidade perfeita em qualquer área do campo. Cada um dos 396 projetores utiliza uma potência de dois mil watts.
Além disso, o estádio terá 23.500 luminárias.

Som

O estádio ganhou um sistema de som de alto nível, com 78 alto-falantes na arquibancada e campo e outros 3.860 nas áreas internas.

Videoprojeção

Além dos quatro placares eletrônicos, o Maracanã ganhou 360 monitores de TV de 46 polegadas e 64 time displays.

Banheiros e bares

Ao todo foram construídos 292 banheiros e 60 bares em vários pontos dos cinco pavimentos - eram 24 - e ficam próximos aos banheiros. Os banheiros possuem 1.222 vasos sanitários, 969 lavatórios e 857 mictórios.

Centro de controle/segurança

Outra novidade implantada é um avançado centro de controle, com qualidade semelhante à dos existentes nas melhores arenas esportivas do mundo. No Maracanã, o chamado BMS (Building Management System) será composto por três salas. Uma das salas será destinada ao monitoramento de imagens geradas por 360 câmeras espalhadas por todos os cantos do estádio e controle dos monitores de TV de 42 polegadas, com o intuito de garantir a segurança dos torcedores.

Campo de jogo

Por determinação da Fifa, o campo de jogo teve as dimensões reduzidas de 113 metros de comprimento por 78 metros de largura para 105 metros de comprimento x 68 metros de largura.

Vestiários

No novo Maracanã, os vestiários estão localizados no lado oeste do estádio. Separados pela zona mista, há dois conjuntos de dois vestiários, cada um. São espaços amplos e confortáveis, com 1,8 mil metros quadrados de área construída, e dotados de mobiliário e equipamentos de qualidade. Antes localizados abaixo do nível do campo no setor oeste, agora ficam no térreo. 


Fonte Governo-rj
Ascom da Secretaria de Obras
Foto  Erica Ramalho

                                     MAIS INFORMAÇÕES SOBRE AS OBRA DO MARACANÃ   >>>

Nenhum comentário:

...

...

...