Noticias

23 de abr de 2013

Trilha Transcarioca


                                                                                                                                               Marcelo Horn


Circuito vai de Barra de Guaratiba à Urca e deve ficar pronto até a Copa de 2014



O Rio de Janeiro ganhará uma trilha de longo percurso de 180 quilômetros, de Barra de Guaratiba até o Morro do Urca. O circuito ecológico, que integrará parques estaduais, municipais e federais, deve ficar pronto até a Copa do Mundo de 2014.
Chamada de Transcarioca, a trilha terá sinalização uniforme em toda a sua extensão para informar visitantes e garantir mais conforto aos turistas brasileiros e estrangeiros interessados em descobrir as belezas naturais da Cidade Maravilhosa.

Nesta quarta-feira (24/04), o projeto da trilha Transcarioca foi apresentado pelo secretário do Ambiente, Carlos Minc, pelo diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), André Ilha, pelo chefe do Parque Nacional da Tijuca, Ernesto de Castro, e pelo secretário executivo do Mosaico Carioca de Áreas Protegidas, Celso Junius, em trecho que integrará a trilha, de aproximadamente 1,5 quilômetros, percorrido da Vila Militar, em Copacabana, até o topo do morro da Babilônia.

- Queremos mais visitação, mais ecoturismo e mais proteção ao meio ambiente. Estes ecossistemas vão ser conhecidos, desvendados. Vamos integrar a gestão destes parques e com isso aumentaremos a segurança dos visitantes, além dos corredores de diversidade e os atrativos para o ecoturismo criando milhares de empregos verdes e protegendo mais a nossa fauna e a nossa flora – disse o secretário de Ambiente, Carlos Minc.


A Transcarioca passará pelo Parque Nacional da Tijuca, atravessando o Parque Estadual da Pedra Branca e diversos parques naturais municipais como, por exemplo, o de Grumari. O projeto é uma iniciativa dos governos estadual, municipal e federal.

- A trilha Transcarioca vai atravessar o município do Rio de Janeiro inteiro, desde a Ponta do Picão, em Barra de Guaratiba, e vai terminar na Urca, ao pé do Pão de Açúcar. É uma trilha que reúne alguns trechos já existentes e que passará por parques estaduais, nacionais e áreas municipais. Para o visitante externo é uma oportunidade de conhecer toda a cidade de uma vez só ou fazendo um percurso a cada dia de forma a completar o circuito inteiro. E para o morador da cidade será a oportunidade de conhecer o seu ‘quintal’, vendo a cidade de outros ângulos e conhecendo seus atrativos adicionais - destacou o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Inea, André Ilha.

Para o chefe do Parque Nacional da Tijuca, Ernesto de Castro, o projeto também garantirá, além de seu caráter turístico, a recuperação de áreas de grande biodiversidade.

- Poderemos estimular a criação de corredores florestais, nos pequenos trechos em que ela cruza áreas urbanas e isso possibilitará a recuperação de muitas espaços - destacou.

Seminário discute trilhas de longo percurso

Após visitar um dos trechos que fará parte do circuito de caminhadas, o Secretário de Ambiente, Carlos Minc, participou da abertura do Seminário Internacional sobre Trilhas de Longo Percurso, que acontece de hoje até sexta-feira, no auditório do Jardim Zoológico, na Quinta da Boa Vista.
O evento, que é organizado pelas secretarias estadual e municipal de Ambiente e pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICM Bio) vai apresentar um panorama geral sobre as trilhas de longo percurso no Brasil e no mundo e discutir detalhes do projeto Trilha Transcarioca.  

Governo-rj



Nenhum comentário:

...

...

...