Noticias

26 de abr de 2014

Parque de Ciclismo do alemão - Bike Park



Os fãs do ciclismo terão, a partir de junho, uma parada obrigatória: o Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, onde ciclistas nacionais e internacionais vão desfrutar da maior pista da modalidade no Brasil e na América Latina. As obras do Bike Park entram na segunda fase, com testes para atletas de nível profissional.
Instalado na Pedra do Sapo, no alto da Serra da Misericórdia, o parque terá pistas de alto padrão para a prática de downhill, BMX, cross country e free style. A iniciativa faz parte do projeto Travessia, uma parceria entre a Secretaria de Esporte e Lazer e a Light, por intermédio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Previsão é de que maior espaço da América Latina seja inaugurado em junho

O Bike Park conta com 4,5 mil metros quadrados de área construída, sendo 1,1 mil de pavimentação. O local ainda terá um galpão, onde serão instaladas duas escolinhas – BMX e cross country – com um total de 256 alunos, de 6 a 17 anos, além de uma área de lazer com lanchonete e um espaço de convivência. Atletas de alto rendimento também poderão usar as pistas para treinamento. Thiago Gomes, um dos idealizadores do Circuito MTB de Favelas, competição de ciclismo que ocorre desde 2010 em oito comunidades do Rio de Janeiro, está acompanhando de perto a construção do espaço. Convidado pelos engenheiros do projeto Travessia para ajudar na montagem das pistas, ele não esconde a felicidade de participar do projeto.



– Vamos trazer o ciclismo para dentro de uma comunidade. Isso é muito bacana, pois vamos fazer algo para além do futebol. A meta é ter, em 2020, um atleta na Olimpíada que tenha saído dessas pistas. Em 2016, iremos receber atletas vindos de muitos países. E, com certeza, aqui será um local ideal para fazer a aclimatação e treinamentos destes ciclistas – disse Thiago.

Tricampeão mineiro de BMX Race, Thiago Fernando Vitor, de 22 anos, foi o primeiro ciclista convidado a testar as pistas. Nascido em Betim, em Minas Gerais, o atleta começou no esporte com 13 anos e, com 17, já estava entre os profissionais da modalidade.

– Essa iniciativa é incrível. Não temos, no Brasil, pistas iguais a essas que estão sendo construídas. E isso acaba dificultando muito nossos treinamentos. Estou impressionado e entusiasmado com tudo que vi e acho que as chances são muito boas de termos atletas despontando futuramente – afirmou o ciclista que, em 2012, ficou entre os cinco melhores atletas da modalidade.

Atleta local

Leandro Pereira, de 32 anos, nasceu do Complexo do Alemão. Começou as primeiras pedaladas profissionais no downhill há dois anos e já participou de campeonatos estaduais. Como morador e atleta, ele já faz planos para quando o Bike Park foi inaugurado.

– Todo dia estarei aqui para treinar. Acho que será bem bacana, pois vai incentivar crianças e jovens. Alguns podem até se tornar atletas profissionais e levar o nome do Alemão para fora do país – explicou Leandro.

Gov-rj
 » Ascom da Secretaria de Esporte e Lazer

Nenhum comentário:

...

...

...