Noticias

18 de jun de 2014

Chile 2 x Espanha 0

                                                                                        Fotógrafo: Rogério Santana

Atual campeã do mundo, a Espanha pisou nesta quarta-feira no palco da final da Copa de 2014, o Maracanã. Mas pisou apenas para se despedir, de forma melancólica e precoce, do Mundial realizado no Brasil.

Depois de ser goleada pela Holanda por 5 x 1 na estreia, em Salvador, a equipe de Vicente del Bosque foi novamente superada, por 2 x 0, pelo Chile, diante 74.101 torcedores.

As duas derrotas e o saldo de seis gols negativos tiram qualquer chance de sequência da equipe europeia na competição. Na última rodada, Espanha e Austrália apenas cumprem tabela na Arena da Baixada, em Curitiba. O resultado dá sequência a um histórico recente de campeões de uma edição do Mundial que não conseguem manter o mesmo desempenho na edição seguinte. A França campeã de 1998 caiu na primeira fase em 2002. A Itália tetracampeã em 2006 não passou da fase de grupos em 2010.

É difícil explicar o que aconteceu. Pedimos perdão às pessoas que esperavam muito de nós. Fizemos o possível. Estamos doloridos e somos os primeiros responsáveis por isso. Não há alternativa a não ser olhar o futuro. Holanda e Chile foram melhores", afirmou o goleiro Casillas, responsável por levantar a taça em 2010.

Por outro lado, Chile e Holanda, que venceram os dois compromissos que tiveram, decidem na última rodada do Grupo B quem sairá como primeiro colocado. O cruzamento da chave tem pela frente o Grupo A, de Brasil, México, Croácia e Camarões.

Os gols que deram a vitória à equipe sul-americana foram anotados no primeiro tempo. Aos 19 minutos, numa bela trama do ataque chileno, Aránguiz recebeu de Sánchez pela direita e, já na linha da pequena área, rolou para o centro. Vargas dominou, tirou Casillas do lance e bateu quase caindo, de bico, para abrir o marcador. O segundo veio aos 43 minutos. Numa cobrança de falta de Sánchez, Casillas rebateu de soco para o meio da área. Aránguiz pegou a sobra e converteu.

"Estou muito contente pelo esforço da equipe inteira. A ideia era conseguir segurar a Espanha e todos estiveram à altura do que queríamos fazer. Agora a ideia é dar sequência ao trabalho contra a Holanda para tentar sair em primeiro do grupo e continuar passo a passo", afirmou o técnico do Chile, Jorge Sampaoli.

Portal da Copa

Nenhum comentário:

...

...

...