Noticias

15 de jun de 2014

Maracanã - Argentina e Bosnia



Lionel Messi fez a diferença em sua estreia no Maracanã neste domingo (15.06). Aos 19 minutos do segundo tempo, o craque tabelou com Higuain, cortou o defensor e, com a bola colada ao pé, sua marca registrada, tocou no canto direito do goleiro Begovic. Assim, ampliou a vantagem para 2 x 0 no placar, que foi aberto logo no começo da partida pelo lateral Kolasinac, que fez contra aos 2 minutos.

Os bósnios, que receberam a torcida dos torcedores brasileiros no estádio, ainda equilibraram o jogo e descontaram, aos 39 minutos do segundo tempo, com o atacante Ibisevic. Ele recebeu dentro da área e tocou entre as pernas do arqueiro argentino, Romero. É o primeiro gol do país em um Mundial, em um dos maiores templos do futebol e diante de 74.738 pessoas.

Resultado final Argentina 2 x 1 bosnia

Preparativos para o Jogo

Este domingo 15/6/14 no Maracanã será especial. Argentinos e bósnios podem não conhecer a canção entoada pelas torcidas cariocas, mas sabem que o confronto entre eles, que abrirá a participação do templo do futebol na Copa do Mundo de 2014, será histórico. Após 64 anos, o estádio que foi construído para receber o primeiro Mundial sediado pelo Brasil em 1950, terá novamente uma partida de Copa.
A representatividade deste momento pôde ser vista no treino de reconhecimento do gramado, na véspera do duelo. Jogadores de Argentina e Bósnia-Herzegovina contemplavam a arena durante a atividade. “É a primeira vez que estou aqui e será incrível poder jogar em um estádio com tanta historia”, destacou o goleiro argentino Sergio Romero.

O Maracanã é deles! Argentinos prometem lotar arquibancadas para ver Messi e seus companheiros.

Após 64 anos, o estádio que foi construído para receber o primeiro Mundial sediado pelo Brasil em 1950, terá novamente uma partida da competição. Argentina x Bósnia-Herzegovina está marcado para às 19h.

Torcida

E não é que os argentinos se sentirão em casa no Brasil. O Rio de Janeiro foi “invadido” por milhares de pessoas que vieram do país vizinho das mais diferentes formas para mostrar o apoio à seleção. A Argentina era o terceiro país no ranking de venda de ingressos para a Copa (61.021) até o dia 5 de junho, quando 95% dos bilhetes haviam sido comercializados.
No entanto, muitos deles não adquiriram os ingressos e tentarão a sorte, ou darão seu apoio de fora do estádio. “A gente não conseguiu comprar ingresso pela internet. Também não havia bilhetes disponíveis no Centro de Distribuição da FIFA. Vamos mais cedo para o estádio ver se achamos alguém arrependido”, prometeu o torcedor Sergio Díaz, que está hospedado em Copacabana.
A praia mais famosa do Rio de Janeiro, aliás, virou o ponto de concentração dos argentinos, que coloriram o local de azul e branco. “O apoio deles será muito importante e temos que dar uma resposta positiva. Espero corresponder às expectativas”, declarou o goleiro Romero, que agradeceu o carinho recebido pelos compatriotas no Brasil.

Gabriel Fialho e Giuliander Carpes - Portal da Copa

Nenhum comentário:

...

...

...