Noticias

22 de jun de 2014

Postos de Informações Turisticas cresce durante a Copa no Rio de Janeiro

                                                         

Centros temporários montados no entorno do Maracanã ganham reforço em dias de jogos.
Visitantes elogiam atendimento bilíngue e qualidade do material distribuído.

Segundo Bianca Moraes que trabalha no posto provisório de informações turísticas em frente ao Maracanã. Em dia de jogos a equipe é reforçada para conseguir suprir a demanda

Os turistas chegam ao Rio de Janeiro com a intenção de conhecer o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e a praia de Copacabana. Mas, quando buscam atendimento em um dos 17 postos de informação temporários da Riotur, montados para a Copa do Mundo, ou nos 14 fixos, já existentes antes do evento, descobrem que a cidade oferece muito mais. Guias, mapas da cidade e do metrô, tours e até serviço gratuito de intérprete são alguns dos itens oferecidos.

“Estava procurando por visitas guiadas e consegui. Antes de chegar ao Rio, tinha a pretensão de conhecer o Pão de Açúcar e o Cristo, mas aqui indicaram passeios pela Lapa e por Santa Teresa também”, afirmou o bancário estadunidense Zachary Petry, que vive na Califórnia. Após passar a última semana em Salvador, ele desembarcou na cidade na sexta-feira (21.06) e buscava informações no quiosque montado de forma permanente na praia de Copacabana. No local, ele comprou os ingressos para o passeio no Cristo Redentor. “O material é muito esclarecedor e o atendimento muito bom”, completou.
Matheus Breslauer trabalha no quiosque, que funciona de 8h às 22h. Ele afirma que a demanda aumentou muito com a Copa do Mundo e que a maior procura é pelos mapas da cidade e do metrô. “Os turistas querem saber o preço dos passeios, os horários, como chegar a estes locais. Os destinos mais procurados são o Pão de Açúcar e o Cristo, mas eles perguntam sobre o quê mais podem fazer”, comenta.
Os atendentes passaram por treinamento específico para o Mundial. Bianca Moraes, estudante de turismo, atua no posto temporário montado ao lado do Maracanã. Ela fala inglês e espanhol e tem experiência em megaeventos – também trabalhou na Jornada Mundial da Juventude e na Copa das Confederações.
“Os turistas querem saber o que tem para conhecer na cidade além do Cristo Redentor e do Pão de Açúcar. Então, mostramos os roteiros de parques, praias, o Jardim Botânico, o centro histórico e cultural da cidade, a Lapa e o Parque do Flamengo. Em geral, oferecemos o mapa da cidade, o mapa do metrô, também temos um guia turístico bem completo, em inglês e espanhol, e um guia de parques. Outra coisa que oferecemos é o serviço gratuito de intérprete”, enumera Moraes.
O posto montado no Maracanã fica aberto das 9h às 18h, exceto em dias de jogos no estádio, quando fecha as portas uma hora após o término da partida. “Em dias de jogos aqui no Maracanã a equipe é reforçada, porque o movimento aumenta muito. Além de três pessoas aqui no estande, são dezenas de atendentes andando e distribuindo os materiais”, explica Moraes.
“O que eu mais procuro é o mapa da cidade, para localizar o estádio e as estações de metrô. Fiquei satisfeito com as informações, ajudam bastante”, elogiou o comerciante chileno Gerson Urriola.
O engenheiro venezuelano Ismael Albornóz aproveitou a oportunidade de ver a Copa do Mundo em um país vizinho para conhecer o Rio de Janeiro, mesmo que a sua seleção não esteja no torneio. Para ele, é fácil encontrar informações sobre a cidade. “Vim procurar um serviço de visita guiada para conhecer locais históricos e as praias. Estamos muito bem orientados, aonde vamos há informações, muita gente distribuindo mapas e guias”.


                                                                      Fotos: Giuliander Carpes/ Portal da Copa


Balanço

Os postos de informação turísticas fixos registraram 15.845 atendimentos, entre os dias 09 e 15 de junho, o que representa um aumento de 109% na média para o período. Destes atendimentos, 75,5% foram para estrangeiros.
Nos quiosques temporários, foram 18.555 atendimentos, entre 02 de 15 de junho, com destaque para os pontos localizados no metrô (4.690), Galeão (4.900), Maracanã (4.200) e Ipanema (2.520).
Os agentes de informações turísticas também distribuem em locais de grande movimentação de pessoas o material informativo da cidade. No total, foram entregues 150 mil Guias do Rio, 404,5 mil mapas da cidade, 120 mil folders Guia do Espectador e três mil press kits até o dia 17 de junho. Em média, os agentes fazem 820 atendimentos por dia.

Postos de Informações Turísticas da Riotur

» Fixos
Copacabana 1 (quiosque na praia na altura da Rua Hilário de Gouveia)
Copacabana 2 - CIAT - Centro de Atendimento ao Turista (Av. Princesa Isabel)
Aeroporto do Galeão - terminal 1
Aeroporto do Galeão - terminal 2
Aeroporto Santos Dumont
Rodoviária Novo Rio
Centro (Rua da Candelária, altura ACRJ)
Shopping da Gávea
Lapa (Av Mem de Sá, próximo aos Arcos)
Quinta da Boa Vista (próximo ao Zoológico)
Barra da Tijuca (Av Pepê, esquina Rua Olegário Maciel)
Leblon (Praça Cazuza)
Urca (em frente a estação do Bondinho do Pão de Açúcar)
Ipanema (Praça Nossa Senhora da Paz)


» Postos de Informações Temporários


IBC (Riocentro)
CAM (Forte de Copacabana)
Ipanema (Hotel Fasano)
BRT GIG 1
BRT GIG 2
BRT Alvorada
BRT Vicente de Carvalho
Metrô Ipanema
Metrô Botafogo
Metrô Copacabana – Cardeal Arcoverde
Metrô Copacabana – Siqueira Campos
Metrô Copacabana - Cantagalo
Metrô Carioca
Metrô Largo do Machado
Maracanã 1 (dentro do estádio, na Fan Zone)
Maracanã 2 (Eurico Rabelo com Av. Maracanã)
Maracanã 3 (Rampa da Uerj)
Veja também:

Gabriel Fialho - Portal da Copa

Guia do Rio de Janeiro

Conheça os principais pontos turísticos 

Nenhum comentário:

...

...

...