Noticias

25 de jun de 2014

Recordes de Audiência na Copa do Mundo


Grande público de telespectadores marca a transmissão dos jogos do Mundial e ajuda a construir imagem positiva do país, avalia o ministro do turismo. Norte-americanos e brasileiros se destacam na primeira fase do torneio.



A audiência da primeira fase de jogos da Copa do Mundo, que está sendo realizada no Brasil, bateu recordes em vários países, conforme dados da Fifa. O Ministério do Turismo já estimava um aumento de 12,5% no número de telespectadores, em relação a última Copa, na África do Sul, vista por 3,2 bilhões de pessoas. Nos números estimados pelo MTur, cerca de 3,6 bilhões de pessoas devem assistir aos jogos em todo o mundo, quase metade da população da Terra.
A audiência recorde em alguns países, nos primeiros dias da Copa, revela o interesse do público pelo esporte e pelo país. Para o ministro do Turismo, Vinicius Lages, a oportunidade de exposição ajuda a construir uma imagem positiva do Brasil. “Países como a África do Sul e Alemanha, que já realizaram a competição, se beneficiaram da exposição na mídia. Assim como eles, a expectativa é um aumento de até 10% no número de turistas estrangeiros nos próximos anos no país”, diz.
Na partida entre Estados Unidos e Portugal, no último domingo, alcançou um recorde histórico de espectadores para a ESPN norte-americana, com média de 18,2 milhões de pessoas e picos de audiência chegou de até 22,9 milhões. Na estreia americana contra Gana, dia 16, houve 11,1 milhões de telespectadores número que já tinha sido recorde da emissora em uma partida de Copa. Outros 4,8 milhões de telespectadores dos EUA viram pela Univision, em espanhol, número superior a qualquer outro esporte em 2014.
Já no jogo entre Chile e Austrália, por exemplo, cerca de 2,3 milhões de telespectadores assistiram à SBS na Austrália, terceira maior audiência esportiva da televisão em 2014, mais do que a final do Aberto de Tênis da Austrália, o primeiro dos torneios de tênis do Grand Slam.
Segundo a Fifa, os torcedores e telespectadores de Brasil, Japão, Alemanha, Reino Unido, Argentina, França, Holanda, Croácia e Itália foram responsáveis pelas principais audiências das emissoras que transmitiram os jogos nos respectivos países. O número recorde é dos brasileiros, na partida de estreia da Seleção, dia 12, contra a Croácia. Foram 42,9 milhões de pessoas que assistiram ao jogo pela TV Globo, detentora dos direitos de transmissão no país e que marcou a maior audiência de um evento esportivo no Brasil, em 2014. Na Croácia, 1,5 milhão de telespectadores assistiram à HTV2, também maior audiência televisiva em 2014.
A projeção de audiência de cerca de 3,6 bilhões de espectadores feita pelo Ministério do Turismo está baseada no alcance que o país conseguiu com a Copa das Confederações, em 2013. Segundo um estudo do MTur sobre o impacto econômico e social do evento, a audiência média das partidas da Copa das Confederações Fifa Brasil 2013 subiu 50% em relação à última edição da competição, também sediada na África do Sul - e muito disso se deve à capacidade e infraestrutura do Brasil de geração e difusão das imagens.
Segundo a Fifa a Copa do Mundo do Brasil terá 73 mil horas de transmissão de TV para mais de 200 países, o equivalente a um aparelho de TV ligado por oito anos. Além disso, cerca de 19 mil profissionais estão trabalhando na cobertura do evento o que garante a propagação das informações do país para milhares de pessoas em todo o mundo.
Ouça aqui declaração do ministro Vinicius Lages sobre benefícios da exposição do Brasil com a Copa.

Fonte : Ministerio do Turismo

Nenhum comentário:

...

...

...