Noticias

22 de jun de 2014

Terreirão do Samba vira Camping na Copa 2014

                                                                 Potal da Copa

Com Terreirão e Apoteose lotados, argentinos são encaminhados para a Feira de São Cristóvão.
Em função da ida da seleção argentina para a final da Copa do Mundo Fifa Brasil 2014, que será disputada neste domingo (13/07) no Maracanã, a Prefeitura do Rio vai abrir mais um espaço para receber veículos argentinos no Rio. Os carros de passeio estão sendo encaminhados para o estacionamento do Centro de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão). O secretário de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, garantiu a gratuidade no estacionamento do local para estes veículos:

 - Também não será cobrado o ingresso de entrada na feira para os argentinos, bastando que apresentem um documento que comprove a nacionalidade. Com isso, os torcedores terão como utilizar a infraestrutura local de banheiros, restaurantes, bares e entretenimento.

O Terreirão do Samba já chegou à capacidade máxima, com 140 veículos estacionados no local. Na Praça da Apoteose, aberta nesta quinta-feira (10/07) para receber os turistas argentinos, já são 400 carros. O local não vai receber carros de passeio em suas instalações, apenas trailers e motorhomes. Os ônibus de fretamento estão sendo encaminhados para a Ilha do Fundão pela CET Rio.

Já quem pretende acampar deve ir para unidades de camping na Zona Oeste da cidade:  Estrada dos Bandeirantes 29967 (Camping Verde Mar); Estrada do Pontal 5900 (Camping Clube do Brasil); e Av das Américas km 17,5 (Novo Rio). Em todos há vagas.

Além do Terreirão do Samba a Praça da Apoteose também será utilizada para estacionamento de motorhomes - 10/07/2014 .
Em função da ida da seleção argentina para a final da Copa do Mundo Fifa Brasil 2014, que será disputada neste domingo (13/07) no Maracanã, a Prefeitura do Rio vai abrir a Praça da Apoteose para o estacionamento de motorhomes. O Terreirão do Samba já está com sua capacidade máxima, com 140 veículos - a maioria de argentinos - estacionados no local. Os ônibus de fretamento serão encaminhados para o Fundão pela CET Rio.


Já quem pretende acampar deve ir para unidades de camping na Zona Oeste da cidade:  Estrada dos Bandeirantes 29967 (Camping Verde Mar); Estrada do Pontal 5900 (Camping Clube do Brasil); e Av das Américas km 17,5 (Novo Rio). Em todos há vagas.

A expectativa do secretário de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, é que até 70 mil argentinos estejam no Rio para acompanhar a final da Copa na cidade.

A Prefeitura do Rio, abriu os portões do Terreirão do Samba, na Praça XI, para o estacionamento dos motorhomes e trailers que estavam na orla de Copacabana e Leme.

O prefeito Eduardo Paes se reuniu com equipes da prefeitura  e determinou  sejam feitos os ajustes necessários para que o Terreirão vire um camping para os veículos dos vizinhos.


 
- Queremos receber bem todos os turistas, com especial atenção aos nossos vizinhos sulamericanos, que cruzaram distâncias enormes dirigindo com seus familiares e amigos pra curtirem a Copa do Mundo na nossa cidade - disse o prefeito.
 
O Terreirão do Samba conta com banheiros e a Riotur vai colocar equipes de limpeza no local. Além disso, os barraqueiros que costumam trabalhar no carnaval poderão abrir seus espaços para o atendimento desse público, oferecendo alimentação a um bom custo-benefício.
 
 
Outros órgãos do município também participarão da operação, como a CET-Rio, orientando os motoristas dos veículos sobre como proceder para estacionar no local; e a Guarda Municipal, que colocará agentes para oferecer segurança. Além disso, a Riotur montará um posto temporário de informações turísticas no Terreirão A PM também será acionada.
 
                                                                                                 Portal da Copa
Os torcedores se sentiram mais à vontade que na praia de Copacabana. “O espaço aqui é muito bom. Podemos tomar banho e dá até para lavar a roupa. Foi uma boa mudança”, afirma o chileno Rodrigo Tapia, 27 anos, que viajou com outros quatro compatriotas numa Kombi. À noite eles organizaram um churrasco entre as pessoas que estão acampadas no local.
Além da estrutura e do espaço, os sul-americanos elogiaram a segurança. Há agentes da guarda municipal e da polícia militar vigiando o terreno durante todo o dia. “Aqui parece ser muito seguro. Montaram guarda durante toda a noite, ficamos muito tranquilos”, conta o professor chileno Javier Rosas, 39 anos. Ele estava no local em um ônibus com outras 19 pessoas. “Tenho certeza que outras pessoas optarão por ficar aqui de agora em diante”.
Fonte
Prefeitura-rj
Portal da Copa

Nenhum comentário:

...

...

...