Noticias

23 de set de 2014

Caderno de encargos para o Carnaval de Rua 2015 - Riotur

A Riotur informa  que o período de inscrição dos blocos de rua na sede da entidade, quando é solicitada a autorização prévia do desfile, termina na próxima terça-feira (30/09/14) e não haverá prorrogação.

A Riotur lançou nesta terça-feira (23/09) o Caderno de Encargos e Contrapartidas para o Carnaval de Rua de 2015 – Rio 450 anos. O caderno é uma orientação para as empresas que desejem apresentar proposta de patrocínio para a estrutura dos desfiles de  uma forma global, não sendo aceitos propostas por localidades ou por blocos. O documento está disponível para retirada em horário comercial até o dia 03/10, na Diretoria de Operações da Riotur (Praça Pio X, 119/12º andar, Centro), e a entrega dos projetos de patrocínio deve ocorrer no dia 27 de outubro. A proposta escolhida será anunciada em data ainda não definida.

Serão permitidas no máximo quatro empresas patrocinadoras, sendo uma financiadora master e três financiadoras de apoio.

Segundo o secretário Especial de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello, o objetivo é repetir o sucesso obtido com a operação do carnaval ao longo dos últimos cinco anos, tornando ainda melhor a qualidade dos serviços prestados nos desfiles dos blocos de rua sem tirar a espontaneidade característica desta grande festa carioca.

- O carnaval organizado e estruturado é bom para o folião, para o organizador dos blocos e para a cidade como um todo, desde o morador até o turista, que conta com mais esse atrativo em sua visita à cidade. E o melhor de tudo: com o patrocínio, a Prefeitura não precisa investir financeiramente na infraestrutura da festa, garantindo que ela ocorra dentro do melhor espírito carnavalesco, sem causar maiores transtornos e sem pesar no bolso do contribuinte – afirmou Antonio Pedro.

A empresa habilitada deverá se encarregar da produção, desenho, confecção, instalação, montagem, locação de materiais e equipamentos, bem como manutenção e remoção dos mesmos, e de toda a infraestrutura necessária para a realização do Carnaval de Rua de 2015 – Rio 450 anos, de acordo com projeto e cronograma estabelecidos pela Riotur.

As propostas deverão apresentar a quantidade mínima de 16.000 banheiros químicos (em 2014, foi exigido o mínimo de 10.250 banheiros e, em 2009, antes do caderno de encargos, a cidade contava apenas com 900 unidades). O documento também exige a manutenção e limpeza permanente dos banheiros químicos tradicionais, além da instalação de no mínimo 60 contêineres sanitários em logradouros públicos que estejam no percurso de grandes blocos. Esses contêineres deverão ter uma pessoa que seja responsável pela manutenção e controle de portas e ficar ao menos 20 dias em cada local.

Também são exigidos no caderno de encargo: diárias de controladores de tráfego, faixas, cones, painéis eletrônicos e galhardetes de sinalização de trânsito; postos médicos e diárias de UTI móvel; o credenciamento de sete mil promotores de venda; um projeto de coleta seletiva e destinação ambiental de resíduos sólidos; a proteção de canteiros e monumentos; um projeto de programação visual e divulgação do Carnaval de Rua 2015 – Rio 450 anos, com criação de marca, folheteria específica, aplicativo mobile e hotsite bilíngue a ser hospedado em www.rioguiaoficial.com.br, entre outros itens.



As avenidas Rio Branco, no Centro, e Princesa Isabel, em Copacabana, assim como nos anos anteriores, deverão ganhar decoração especial - sem, no entanto, fazer qualquer menção ao patrocinador. A marca da comemoração dos 450 anos da cidade servirá de base para a criação dessas artes.

A prefeitura se fará presente nos desfiles oferecendo os serviços das Secretarias de Saúde e de Ordem Pública, Comlurb, Guarda Municipal e CET-Rio. Os percursos dos desfiles dos blocos serão fornecidos pela Riotur, após a emissão das autorizações finais. Da mesma forma, a Riotur também irá estabelecer os locais onde serão instalados os banheiros químicos e definir a distribuição dos controladores de trânsito. A CET-Rio fornecerá os padrões para confecção da sinalização de trânsito.

As UTIs móveis deverão estar de acordo com as resoluções em vigor do CBMERJ e em conformidade com a Vigilância Sanitária do município.

A conscientização da população para o bom uso do espaço público continuará em voga:

- Voltaremos com a campanha para estimular que o folião cuide bem da cidade, mantendo as ruas limpas - disse Antonio Pedro.

Prefeitura-rj


Nenhum comentário:

...

...

...