Noticias

1 de out de 2014

COI visita obras de equipamentos dos Jogos Rio 2016


Integrantes da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) elogiaram nesta quarta-feira (01/10/14), na reunião de encerramento da sétima visita oficial da comissão à cidade, o cronograma de obras das instalações olímpicas e o empenho das autoridades brasileiras para a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.
Nesta semana, liderados pela presidente de coordenação do COI para os Jogos, Nawal El Moutawakel, dirigentes e técnicos, além de representantes dos três níveis de governo, visitaram instalações olímpicas e avaliaram o andamento das obras.
— Os comentários da Nawal são muito positivos. Tivemos, há cerca de seis meses, um momento de crise, com mais críticas e cobranças. Ao longo deste tempo, conseguimos ajustar a comunicação. Além disso, quando a obra começa a sair do chão, isso transmite mais segurança. É um desafio permanente, como sempre digo, mas as coisas estão caminhando bem - afirmou o prefeito, acrescentando que as obras de Deodoro e do Parque Olímpico estão “perfeitamente” dentro do prazo e que a grande maioria das instalações olímpicas será entregue em 2015.

Em entrevista coletiva na sede da Empresa Olímpica Municipal, Nawal El Moutawakel confirmou o otimismo em relação aos prazos de entrega das obras e revelou que os membros da comissão estão satisfeitos com os avanços observados após a visita ao Parque Olímpico, à Vila Olímpica, ao Campo de Golfe e ao Parque Olímpico de Deodoro:
— Deixamos o Rio satisfeitos com o progresso apresentado em relação à nossa visita em março passado. Nós podemos ver que as obras estão progredindo a toda velocidade, graças aos relatórios que atestam o desenvolvimento sólido. Ttambém fomos capazes de ver em primeira mão os avanços sendo feitos durante a nossa visita. O forte empenho das autoridades brasileiras para o sucesso dos Jogos Rio 2016 foi sublinhado a nós pela presença da presidenta Dilma Rousseff durante a nossa visita ao Parque Olímpico. Estamos confiantes de que, apesar de um calendário muito apertado, nossos parceiros brasileiros vão cumprir o calendário e entregar os Jogos com sucesso.
O próximo grande desafio dos organizadores da Rio 2016 é a realização de eventos-testes, que irão reunir 44 modalidades esportivas no Rio antes da realização dos Jogos Olímpicos. Mais de oito mil esportistas olímpicos e paraolímpicos devem participar das competições no segundo semestre de 2015 e primeiro semestre de 2016. A Regata Internacional de Vela, primeiro evento teste realizado em agosto na Baía de Guanabara, foi aprovado com louvor pelos 300 atletas — entre eles, 23 medalhistas olímpicos — e analistas internacionais.
Os integrantes do COI mostraram-se satisfeitos ao constatar que os Jogos Olímpicos já estão deixando um forte legado na cidade. Um vídeo esclareceu aos integrantes do COI que a cada real gasto em obras R$5 são destinados a projetos de legado, incluindo três linhas de Bus Rapid Transit (BRT), a linha 4 do metrô, a melhoria da cobertura do sistema de saneamento na Zona Oeste, o melhor controle de enchentes na Praça da Bandeira, o Centro de Operações Rio, e a revitalização da Região Portuária.
O presidente do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, garantiu que o compromisso da cidade é organizar uma celebração memorável:
— Nosso compromisso e a nossa missão são organizar excelentes Jogos com celebrações memoráveis. Isso permanece intacto. Com a orientação do COI e com a ajuda dos nossos patrocinadores, temos a confiança de que os Jogos Olímpicos serão um sucesso. É muito gratificante quando olhamos ao redor e vemos os nossos parceiros dos governos municipais, estaduais e federais, engajados no mesmo objetivo.

Autor: Ricardo Albuquerque
Fotos: Beth Santos e J.P.Engelbrecht


Nenhum comentário:

...

...

...