Noticias

18 de out de 2014

Rio Rotativo os bilhetes serão vendidos nas bancas de jornais



A partir do dia (17/10/14) e pelos próximos 15 dias, os motoristas que estacionarem em vagas do Rio Rotativo onde não há guardador autorizado para a venda de bilhetes não terão seus carros multados ou rebocados pelos agentes do município.
Nesse período, a prefeitura vai se reunir com sindicatos e associações de bancas de jornais para viabilizar uma forma de distribuir os bilhetes também nesses locais. O preço cobrado nas bancas será o mesmo do praticado pelos guardadores, R$2 pelo período estabelecido nas placas do Rio Rotativo (duas horas, quatro horas ou período único).
 
 
Este sistema funcionará até a entrada em operação das novas vagas inteligentes, que estão em fase de licitação. A Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) farão operação conjunta para fiscalizar os guardadores que realizam reserva de vagas ou cobram acima do valor estabelecido pela prefeitura.
 

- A gente espera que, com a facilidade de aquisição dos bilhetes por parte dos motoristas, a dependência do guardador diminua, o que vai facilitar também o trabalho de fiscalização. É importante que os motoristas não paguem o valor abusivo e denunciem na delegacia a extorsão – orienta o secretário de Ordem Pública, Leandro Matieli.

 

Em julho deste ano, a Prefeitura do Rio publicou decreto que dispõe sobre os Serviços de Estacionamento Rotativo em vias e logradouros públicos (o Vagas Inteligentes do rio -VIR). Dentre as vantagens do novo modelo, com licitação em andamento, está a racionalização do uso das 37 mil vagas da cidade. A cobrança diferenciada do modelo atual adota novas tecnologias e parâmetros com a implantação de 1.200 parquímetros.

 


A Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas (Secpar) anunciará a data da licitação assim que tiver o parecer final do Tribunal de Contas do Município sobre o edital. A expectativa é de que a (s) empresa(s) vencedora(s) possa(m) começar a implantar os equipamentos três meses a partir da assinatura do contrato. Todos os 1.200 parquímetros serão instalados em até dois anos a partir do início da instalação.



O edital prevê gratuidade para idosos acima de 65 anos, acompanhantes de pacientes internados em unidades de saúde e portadores de necessidades especiais. Em um primeiro momento, eleva de R$ 2 a R$ 4 as tarifas de estacionamento, com distinção por área. Por exemplo, Barra da Tijuca e Jacarepaguá têm preço estimado de R$ 3,50 enquanto as zonas Norte e Oeste terão R$ 3. Para motos e similares, o preço corresponde a 30% do determinado para carros.

  

A cidade foi dividida em dois lotes, sendo que a Área 1 contém 22 mil vagas; e a Área 2, 15 mil vagas. No lote 1, estão previstos bairros da Zona Sul (Copacabana, Gávea, Ipanema, Jardim Botânico, Lagoa, Leblon, Leme e São Conrado), Barra, Recreio e Jacarepaguá e Zona Oeste. No lote 2, os bairros restantes da Zona Sul (Botafogo, Catete, Cosme Velho, Flamengo, Humaitá, Laranjeiras e Urca), Região Central, Grande Tijuca e Zona Norte.

 


prefeitura-rj
Autor: Fotos: Raphael Lima e Divulgação/GM

Nenhum comentário:

...

...

...