Noticias

25 de jun de 2015

Prefeitura usará Whatsapp para pedidos de fiscalização de obras irregulares


Um novo serviço oferecido pela prefeitura, a Central de Atendimento ao Cidadão 1746 passará a utilizar o WhatsApp, aplicativo de mensagens, como canal de solicitação.

Através do número 98909-1746, este novo serviço será disponibilizado pela Prefeitura do Rio exclusivamente para pedidos de fiscalização de obras irregulares – de crescimento tanto vertical quanto horizontal. Assim como os cerca de dois mil serviços oferecidos pelo 1746, as denúncias via Whatsapp poderão ser enviadas, a partir desta quinta-feira (25/06), ininterruptamente, 24 horas por dia, sete dias por semana.


O novo atendimento irá abranger dos pedidos de inspeção de obras sem licença, embargadas e sem placas aos chamados "puxadinhos" até às comunidades. O atendimento valerá para áreas como comunidades e também para construções de classe média ou alta.




Como funciona
Para fazer a solicitação, basta enviar mensagem pelo aplicativo Whatsapp para o número 98909-1746. O cidadão deverá enviar o máximo de informações possíveis que identifiquem o local onde foi observada a obra irregular. Para isso, recursos disponibilizados pelo aplicativo, como áudios e imagens poderão ser utilizados. Localizada a área da reclamação, os dados serão encaminhados à subprefeitura correspondente, que acionará, dependendo do caso, a secretaria municipal responsável, que pode ser Meio Ambiente, Urbanismo, Conservação ou Ordem Pública. O prazo para a vistoria será de dez dias corridos.

1746: quatro anos atendendo quase dois mil tipos de solicitações

A oferta do novo canal não elimina os já existentes. O cidadão continua podendo acionar o 1746 para o crescimento de comunidades pelo telefone, aplicativo próprio para celulares e pelos sites
www.1746.rio.gov.br e http://carioca.rio.rj.gov.br.

Criado em março de 2011, o 1746 bateu recentemente a marca de 14 milhões de ligações. Via aplicativo móvel, já foram quase 100 mil chamados abertos e quase 250 mil pela internet.


Prefeitura-rj

Nenhum comentário:

...

...

...