Noticias

9 de nov de 2015

Festa na Aldeia de São Sebastião do Rio de Janeiro

 
 
            A cidade do Rio de Janeiro será homenageada no ano de 2015 com muita alegria pelos Flautistas da Pro Arte, que levarão aos palcos algumas das canções que eternizaram a Cidade Maravilhosa - canções que nos remetem às suas belezas e encantos e que já são parte de sua história.

            No espetáculo de nome "Festa na Aldeia de São Sebastião do Rio de Janeiro", serão apresentadas obras de compositores renomados como Tom Jobim, Cartola, Chico Buarque, Noel Rosa e Pixinguinha, passeando ainda por obras menos conhecidas do grande público, como é o caso de "Povos do Brasil", de Leandro Fregonesi - cuja letra foi inspiração para o título do show -, do "Baião de São Sebastião", alegre homenagem de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira à cidade, e do belo choro "Casinha na Marambaia", de Henrique Costa e Rubem Campos. Todas as canções do espetáculo foram arranjadas especialmente para a formação do grupo.
O grupo Flautistas da Pro Arte - formado por 25 integrantes - celebrará esta festa com crianças e adolescentes oriundas de várias "aldeias" da cidade do Rio Janeiro, no Galpão do Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico, nos dias 14 e 15 de novembro, às 16h30.
O projeto Flautistas da Pro Arte, que conta com o patrocínio da Petrobrás através da Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro, centra sua atividade musical nos Seminários de Música Pro Arte, em Laranjeiras, onde seus integrantes tem aulas e realizam ensaios semanais.

 

O SOPRO DA EDUCAÇÃO E DA  RENOVAÇÃO
 
Em 1989, um grupo de crianças e jovens estudantes de música dos Seminários de Música Pro Arte, no Rio, se reuniu sob a batuta das professoras de flauta, Tina Pereira e Claudia Ernest Dias. Tina Pereira, nascida em São José dos Campos, fez especialização em Educação Musical em Salzburg, Áustria e queria aplicar o métodoaprendido no Instituto Orff. Começou então a usar as canções da MPB como material didático. Nasciam ali os Flautistas da Pro Arte, que fizeram sua primeira apresentação no Paço Imperial, homenageando Dorival Caymmi.
De tão envolvente, pioneiro e proveitoso, o trabalho consolidou-se rapidamente como prática artística e educativa e em poucos anos contava com um  grande número de pequenos músicos desenvolvendo seus dotes pelos caminhos da extraordinária riqueza da Música Popular Brasileira.
Além da prática dos vários instrumentos de sopro, o grupo desde o princípio já aprendia também a cantar, dançar e se movimentar no palco. Os projetos se sucederam,homenageando compositores como Caymmi, Chico Buarque, Villa-Lobos, Radamés, João Bosco, K-Ximbinho, Lamartine, Ary Barroso, Noel Rosa e muitos outros. 
Em 2004, o projeto tinha 70 integrantes e a diretora Tina Pereira resolveu dividir o grupo em dois, criando portanto os Flautistas da Pro Arte (herdeiro do nome do projeto), onde permaneceram os alunos mais novos, e a Orquestra de Sopros da Pro Arte, formado pelos integrantes mais velhos.
Tendo sempre à frente Tina Pereira, Claudia Ernest Dias e Raimundo Nicioli, o novo grupo teve sua estreia com o espetáculo “A Bênção, Baden!” na Sala Cecilia Meireles, palco nobre da música no Rio.
 
 
 
REPERTÓRIO
 
1 – Sebastian (Milton Nascimento e Gilberto Gil)
2 – Ensaboa (Cartola) - arranjo: Sérgio Sansão
3 – Pelo telefone (Donga) - arranjo: Marcelo Caldi
4 – Casinha na Marambaia (Henrique Costa / Rubem Campos) - arranjo: Marcelo Caldi
5 – A Violeira (Chico Buarque / Tom Jobim) - arranjo: Raimundo Nicioli
6 – Cidade Mulher  (Noel Rosa / Vadico) - arranjo: Raimundo Nicioli
7 – Pra que mentir (Noel Rosa /Vadico) - arranjo: Raimundo Nicioli
8 – Estrela, Estrela  - arranjo: Raimundo Nicioli
9 – Povos do Brasil  (Leandro Fregonesi)
10 – Caminhando  (Nelson Cavaquinho/Lourival Bahia) - arranjo: Alexandre Caldi
11 – O morro não tem vez (Tom Jobim / Vinicius de Moraes)
12 – Samba de uma nota só (Tom Jobim / Newton Mendonça) - arranjo: Tina Pereira
13 – Baião de São Sebastião (Luiz Gonzaga / Humberto Teixeira) - arranjo: Marcelo Caldi
14 – Jongo pelas águas do Mar / Benguelê (Pixinguinha) Arranjo: Ignez Perdigão 

SERVIÇO
 
Flautistas da Pro Arte em “Festa na Aldeia de São Sebastião do Rio de Janeiro”
Data: 14 e 15 de novembro, às 16:30
Local: Galpão do Espaço Tom Jobim
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008, dentro do Centro de Visitantes do Jardim Botânico
Telefone: (21) 2274-7012
Faixa Etária: Livre
Duração: 80 minutos
Capacidade: 120 lugares
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)
 
FICHA TÉCNICA - Festa na Aldeia
Direção Musical: Bebel Nicioli e Claudia Ernest Dias
Supervisão Musical: Bruno Jardim
Monitoria: Jeferson Souza e Carolina Chaves
Preparação Vocal: Laura Lagub
Preparação Corporal: Eleonora Gabriel
Figurino: Zebras
(Patrícia Fernandez Lima; Assistente: Maria Cândida Ramos)
Músicos:
Raimundo Nicioli - violão e arranjos
Lourenço Vasconcellos, Lucas Videla e Gabriel Gabriel – percussão
Produção: Gregório Tavares e Mariana Borgerth

Projeto Flautistas da Pro Arte

Foto Andreia Nestrea
 
Fabio Cezanne
99197-7465

Nenhum comentário:

...

...

...