Noticias

11 de mar de 2016

Jardim Zoológico do Rio reabre ao público



Finalmente o Jardim Zoológico do Rio reabriu, nesta terça-feira 08/03/16 com melhorias para o público e para os animais. A entrada foi gratuita para as mulheres e seus filhos, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O espaço de interação entre visitantes e aves, o Viveirão dos Pássaros, voltou a funcionar após oito anos interditado, totalmente remodelado e com visitas guiadas por educadores ambientais. Outros destaques da reabertura são a cachoeira dos felinos, o aquário, o espaço do lobo-marinho Vitório, a Passarela da Fauna, o espaço extra, o núcleo de enriquecimento ambiental permanente e o ponto de fuga nos viveiros para que os animais possam se esconder da visão humana.


Um aviso de licitação para a gestão do Zoológico, publicado em janeiro no Diário Oficial do Município, prevê concessão por dois anos por meio de Parceria-Público-Privada (PPP) no valor de R$ 66.643.935,00. O novo modelo administrativo indica a transformação do ambiente de 138 mil metros quadrados num grande parque sustentável a partir da criação de áreas temáticas destinadas ao convívio mútuo de animais, reproduzindo o ambiente das savanas, sem o confinamento de recintos exclusivos. O projeto prevê espaço para lojas, restaurantes, teleférico e cinema 4D. Neste tipo de concessão não há aporte de recursos municipais.


A empresa  terá de cumprir as exigências emergenciais previstas no contrato, como a recuperação e aproveitamento do prédio histórico; a reforma do hospital veterinário; a criação de um sistema que utilize pelo menos 60% de água de reuso; e  construção do espaço para quarentena dos animais, de estação de tratamento de esgoto, da passarela de observação sobre a ala dos primatas, e de espaço para a prática de arvorismo e educação ambiental.


As obras sob a Passarela da Fauna estão adiantadas. Metade da área de 1,4 hectares já está gramada e a previsão é que o lugar esteja pronto em 30 dias para receber os 49 cervos do zoológico. Os animais estão no espaço de 3 mil metros quadrados que pertenceu à girafa Zagallo, falecida ano passado. Ao caminhar sobre a passarela, os visitantes têm uma visão privilegiada e uma proximidade segura dos animais, sem interferir em seus hábitos.
 

Ao saber que a entrada seria gratuita para as mulheres, Carla Marques, 42, não teve dúvidas sobre um passeio em pleno dia útil. Ela, o marido Vagner Celso Marques, 45, e o pequeno Guilherme, de um ano, saíram de carro de Padre Miguel e estacionaram na Quinta da Boa Vista.



A criação de um núcleo de enriquecimento ambiental permanente permite que os animais se sintam menos distantes do seu habitat natural. Uma equipe técnica está responsável pela ambientação dos viveiros, que agora contam com ponto de fuga para que os animais possam se esconder da visão humana.


Localizado à esquerda da entrada principal, formada por um corredor de palmeiras imperiais, o espaço extra não permite acesso do público. A reestruturação do ambiente e das jaulas garantem condições de tratamento adequado aos animais resgatados, doentes, em quarentena ou duplicados (cinco ou seis da mesma espécie). Neste lugar, eles recebem atenção especial da equipe de veterinários, que decide o melhor momento para que voltem a ter contato com o público.


Os recintos dos orangotangos e dos chimpanzés deverão permanecer isolados do público até que sejam completados os trabalhos de enriquecimento ambiental e sombreamento das áreas ocupadas pelos animais. O Jardim Zoológico permaneceu fechado por 53 dias para atender às exigências do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e Ministério Público Federal, acordadas no Termo de Ajuste de Conduta (TAC), com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Smac).

O Jardim Zoológioco do Rio foi fundado em 1888, na época do Império, é o mais antigo do país e está localizado na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão. Possui o maior plantel de primatas brasileiros, a maior coleção de aves expostas, e no local se reproduzemespécies raras e ameaçadas de extinção, como o urubu rei, a arara juba e o mico leão dourado.

Prefeitura-RJ 

Nenhum comentário:

...

...

...