Noticias

17 de mai de 2016

Conheça a restauraçao dos Arcos da Lapa


Os Arcos da Lapa, no Centro do Rio foram restaurados pela prefeitura um dos principais monumentos da cidade e icone do bairro boêmio. O projeto, que prevê serviços de revitalização e pintura, é executado pela Gerência de Monumentos e Chafarizes, da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, com acompanhamento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O investimento é de R$ 1.040.301,70. A conclusão dos trabalhos está prevista para o mês de julho.



A última restauração dos Arcos da Lapa ocorreu entre abril e junho de 2014. Historicamente, o monumento recebe serviços de pintura e manutenção a cada dois anos.


A estrutura receberá serviços de raspagem de trechos danificados, recuperação das partes com argamassas soltas, e aplicação de pasta de cal como pintura. Para acessar os pontos mais altos da obra, os trabalhadores terão o auxílio de um caminhão com cesto aéreo. Vinte homens atuam na reforma. Por se tratar de uma construção antiga, a pasta cal é utilizada para evitar que a estrutura seja impermeabilizada, o que faria com que a umidade deteriorasse o interior do monumento.


Criado como um aqueduto no século XVIII, em 1726, o monumento é um dos cartões-postais do Rio de Janeiro, e conta com 42 arcos que somam 270 metros de extensão e 17,8 metros de altura. Ele se estende desde o morro de Santa Teresa, ao pé do convento das Carmelitas, até os remanescentes do morro de Santo Antônio. Sua função inicial era levar água do Rio Carioca para o chafariz do Largo da Carioca. Somente no século XIX os bondinhos passaram a utilizá-lo como uma estrutura viária de acesso a Santa Teresa.


A região da Lapa recebe ainda serviços pela 1ª Gerência de Conservação (Centro), onde são recuperadas diversas calçadas em pedras portuguesas e algumas golas de árvore. Rioluz e Comlurb realizam serviços rotineiros em toda a área da Lapa.

Prefeitura - RJ

Nenhum comentário:

...

...

...