Noticias

11 de jun de 2017

Conheça o mapa interativo "Árvores protegidas da Cidade do Rio de Janeiro"



A Prefeitura do Rio lançou,  o mapa interativo "Árvores protegidas da Cidade do Rio de Janeiro". Desenvolvida pela Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), através de parceria entre seu setor de geoprocessamento e a Fundação Parques e Jardins, a ferramenta apresenta as árvores e conjuntos de vegetação protegidas por tombamento, imunidade de corte ou por serem considerados conjuntos extraordinários de árvores da cidade.

A iniciativa, que poderá ser usada em computadores e dispositivos móveis, permitirá a qualquer pessoa, morador ou visitante, conhecer as árvores mais antigas, bonitas e importantes.

O Rio conta com centenas de árvores ou conjunto de árvores protegidas na cidade, por mais de 40 instrumentos legais, leis, decretos e portarias, tombadas, conforme legislação do patrimônio cultural, ou decretadas imunes de corte, pela legislação ambiental.

As primeiras árvores protegidas foram as dez tombadas pelo Decreto "E" nº 1902/67, em Paquetá, entre elas a Maria Gorda, um famoso baobá. A primeira árvore decretada imune de corte na cidade foi a famosa figueira da Rua Faro, no Jardim Botânico, pela Portaria nº 037/80 do IBDF. Já a primeira decretada imune de corte pela prefeitura foi o pau-ferro situado na Rua Marquês de Olinda, em Botafogo, pelo Decreto n° 12.625/94. A última a ser decretada imune de corte foi um pau-brasil na Rua Uruguai, na Tijuca, pelo Decreto n.° 33.205/10.

Qualquer cidadão pode solicitar a decretação de imunidade de corte junto à Seconserma, conforme previsto no Decreto n° 19.146/00. 

Prefeitura- RJ

Nenhum comentário:

...

...

...